menu

Piauí

02/06/2015


Amigo de Ciro Nogueira vai assumir cadeira no CADE e julgar Petrobras

Os sites do Estadão e da Revista Època destacam o nome do auditor da Controladoria Geral da União, Alexandre Cordeiro Macedo, para ocupar uma das cadeiras no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), a autarquia federal vinculada ao Ministério da Justiça que orienta, fiscaliza, preveni e apura abusos do poder econômico. Na manhã desta terça-feira (02), ele passou por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal. Seu nome também ainda precisa ser aprovado no plenário do Senado. Segundo a revista Época, Alexandre Cordeiro é amigo do senador Ciro Nogueira e irmão da sua chefe de gabinete , Sabá Cordeiro Filha.

Alexandre Cordeiro Macedo foi indicado pela presidente Dilma Rousseff. Ele não é filiado ao Partido Progressistas, mas dentro do governo, ele já exerceu o cargo de Secretário-executivo do ministério das Cidades entre 2012 e 2013.

Ao assumir o cargo de conselheiro do Cade, Macedo julgará o caso do cartel da Petrobrás, descoberto pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.
O Cade tem, ao todo, sete vagas no Conselho e uma na chefia de sua Superintendência-Geral. O órgão é presidido por Vinícius Carvalho. Ana Frazão, Gilvandro Vasconcellos de Araújo e Márcio de Oliveira Júnior completam o conselho.

Devido à demora da presidente em fazer as indicações, o Cade está desfalcado desde janeiro do ano passado.

Perfil de Alexandre Cordeiro Macedo – Casado, 38 anos, brasiliense, Advogado, Economista, com extensão em Economia Internacional e Economia Política Internacional na Universidade de Harvard; pós-graduado em Processo Administrativo Disciplinar pela UNB e em Direito Público pelo Instituto Processus. Auditor de carreira da Controladora-Geral da União desde 2006, onde foi Assessor e Chefe de Gabinete do Corregedor-Geral da União. Secretário-executivo do ministério das Cidades entre 2012 e 2013.

180 Graus

Notícias relacionadas