menu

Internacional

09/10/2019


Após fala de Bolsonaro, Portugal diz que entrega do Prêmio Camões a Chico acontece em 2020 em Lisboa

O ministério da Cultura de Portugal tenta ser diplomático após a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que só assinará o diploma do Prêmio Camões ao escritor Chico Buarque em dezembro de 2026.

Apremiação internacional é patrocinada conjuntamente por Portugal e pelo Brasil e o ministério da Cultura português disse à RFI nesta quarta-feira (9) que “a cerimônia de entrega acontece em 2020, em Portugal”.

A assessora de imprensa do ministério da Cultura português, Rita Guerra, repete a mesma informação aos inúmeros jornalistas que não pararam de ligar à instituição nesta quarta-feira em busca de informações. Como a reunião de escolha do escritor premiado de 2019 aconteceu no Rio de Janeiro, manda a regra que a cerimônia de entrega do Prêmio Camões aconteça em Portugal.

“Neste momento, estamos tentando encontrar uma data conveniente para todas as partes”, afirmou Rita Guerra. A data de abril de 2020, informada pela imprensa brasileira, foi uma indicação inicial de Chico Buarque, mas ainda não foi confirmada. A assessora do ministério da Cultura não quis falar mais nada, mas deu a entender que a não assinatura do diploma pelo presidente Jair Bolsonaro não impediria a realização da cerimônia.

Notícias relacionadas