menu

Brasil

16/05/2014


Após fim da greve da PM, clima está mais tranquilo em PE

PERNAMBUCO

A greve dos policiais militares e bombeiros de Pernambuco terminou na noite dessa quinta-feira (15) e o clima no Estado é de mais tranquilidade. As ruas desertas começam a ficar mais movimentadas, como em dias normais, e os estabelecimentos que não abriram no dia de ontem voltam a reabrir as portas.Os três dias de paralisação foram suficientes para mudar a rotina dos moradores de diversas cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do interior do Estado. Escolas públicas e particulares suspenderam as aulas e comerciantes se viram obrigados a encerrar o experiente mais cedo ou nem trabalhar.
Diversos estabelecimentos comerciais foram saqueados. O cenário do município de Abreu e Lima, no Grande Recife, era de guerra. Lojas arrombadas, moradores amedrontados correndo e outros aproveitando para levar a mercadoria furtada da forma que podiam. Alguns utilizaram os próprios carrinhos de compras dos supermercados para transportar a mercadoria.
A mesma cena pôde ser vista no município do Paulista e até mesmo em bairros da capital pernambucana. Vândalos aproveitaram a ausência da polícia militar nas ruas e invadiram o Bompreço, no Arruda, o Carrefour, em Boa Viagem, e lojas em Afogados.
Conforme dados divulgados pela Polícia Civil de Pernambuco, 234 pessoas foram detidas. Do total, foram 102 casos de flagrantes. Para a ação, foram usados 180 policiais e 59 viaturas. Dentre os principais delitos registrados estão: furtos, roubos, perturbação do sossego, porte ilegal de arma de fogo e dano qualificado.
A expectativa é que 100% dos agentes voltem ao trabalho no dia de hoje. Mas por determinação do governo de Pernambuco as tropas da Força Nacional de Segurança Pública e do Exército continuam nas ruas, até a completa normalização da situação no Estado. 

Notícias relacionadas