menu

Pernambuco

05/02/2019


Após temporal, Amaraji tem racionamento de água e coleta de donativos

Chuvas causaram a destruição de casas, derrubada de uma ponte, alagamento de imóveis e bloqueio parcial nas rodovias de acesso à cidade

Moradores de Amaraji, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, enfrentam os transtornos causados pelas fortes chuvas que atingiram a cidade nessa segunda-feira (4). De acordo com a Agência Pernambucana de Águas em Clima (Apac), em apenas cinco horas choveu quase o dobro do esperado para todo o mês de fevereiro, segundo a média histórica de 76 milímetros no mês. Foram registrados 119,45 milímetros no período.

O temporal causou a destruição de casas, derrubada de uma ponte, alagamento de imóveis e bloqueio parcial nas rodovias de acesso à cidade. As chuvas deram uma trégua nesta terça-feira (5) e os trabalhos da Defesa Civil de Amaraji se concentram em contabilizar os danos causados na cidade.

“Estamos dando apoio e fazendo levantamentos dos danos. A Secretaria de Ação Social pede ajuda para doações como colchões”, disse o coordenador de Defesa Civil da cidade, Wellington Oliveira. O órgão disponibiliza o contato 81 9.9247-2816 para que os moradores afetados entrem em contato. Os donativos, como colchões, roupas, água potável, alimentos podem ser levados à sede da prefeitura, localizada na rua Rocha Pontual, 72.

A prefeitura anunciou ainda que o fornecimento de água em alguns pontos da cidade está comprometido por causa dos danos causados pelas chuvas na estação elevatória. A gestão municipal alertou os moradores a economizarem água, principalmente enquanto o reparo na rede é concluído.


Por Folha PE

Notícias relacionadas