menu

Ceará

14/10/2014


Apreensão de drogas pela PF quase dobra em um ano no Ceará

O Ceará faz parte de uma rede internacional de tráfico de drogas, segundo a Polícia Federal. Em um ano, a quantidade de entorpecentes apreendida no estado quase dobrou. De acordo com o órgão, em 2013, foram apreendidos 2,5 toneladas de drogas. Em 2014, o número já passa de 4,7 toneladas. Isso representa um aumento de 54,14% de entorpecentes em relação ao número de apreensão feitas pela Polícia Federal no ano passado.


"Tem uma diferença. Ano passado, houve uma apreensão maior de cocaína. Este ano, nós superamos e muito o número de apreensão de maconha. Isso demonstra uma mudança no mercado", afirma, o chefe da Delagacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal no Ceará.


Uma das últimas apreensões e a maior feita PF neste ano foi no dia 23 de setembro, quando sete pessoas foram presas em flagrante com mais de duas toneladas de maconha. A carga foi encontrada pela Polícia Federal na BR-116 e estava em um caminhão. Para dificultar a identificação, a droga estava escondida entre pacotes de arroz, feijão e óleo de cozinha.


Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), até agosto de 2014, foi 1,5 tonelada de drogas, sendo 980 quilos de maconha, 94,27 quilos de crack e 427,82 quilos de cocaína. Em 2013, foram apreendidas 3,2 toneladas. No caso das apreensões realizadas pelas polícias estaduais, o número do ano passado ainda supera o deste ano. Mas, quando somado os dados da SSPDS e da Polícia Federal, a quantidade de entorpecentes apreendidos em 2014 já é maior do 2013.

Notícias relacionadas