menu

Brasil

01/07/2015


Aprovação do governo Dilma cai e é de 9%, aponta pesquisa CNI/Ibope

Pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira (1) mostra o governo Dilma Rousseff com 9% de aprovação. O índice é 3 pontos percentuais menor em relação à última pesquisa do instituto, divulgado no dia 1º de abril deste ano.

O levantamento informa ainda que 83% desaprovam a maneira de governar da presidente e 78% não confiam em Dilma Rousseff. Para 90% dos entrevistados os principais problemas do governo Dilma são os impostos e as taxa de juros.

"As maiores reduções da popularidade ocorrem nos estratos em que a presidente tende a ser melhor avaliada, ou seja, entre as pessoas com renda familiar baixa, os que residem na região Nordeste, os que possuem baixo grau de instrução e na faixa da população com 55 anos ou mais", diz a pesquisa.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (1º) aponta os seguintes percentuais sobre como os eleitores avaliam o governo da presidente Dilma Rousseff (PT):
– Ótimo/bom: 9%
– Regular: 21%
– Ruim/péssimo: 68%
– Não sabe: 1%

A popularidade do governo caiu entre as pessoas que declararam ter votado na presidente no segundo turno das eleições de 2014. Entre os eleitores da presidente Dilma, o percentual de pessoas que avaliam o governo como ruim ou péssimo subiu de 45% em março para 53% em junho.

Segundo a pesquisa, o percentual dos entrevistados que consideram que o 2° mandato da presidente Dilma Rousseff está sendo pior que o 1° subiu de 76% para 82%.

Essa edição da pesquisa CNI-Ibope foi feita de 18 a 21 de junho com 2.002 pessoas em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Segundo a CNI, o levantamento anterior, divulgado em abril deste ano, havia apontado que 12% aprovavam o governo (consideravam "ótimo" ou "bom"). Na última pesquisa, 64% dos entrevistados avaliaram a administração Dilma como "ruim" ou "péssima". Já 23% consideraram a gestão "regular".

Notícias relacionadas