menu

Sergipe

19/11/2015


Aracaju receberá peças teatrais lusitanas

A população aracajuana terá novamente a oportunidade de se encantar com os espetáculos lusitanos, dirigidos pelo renomado diretor Moncho Rodriguez. Durante o mês de dezembro, especificamente de 09 a 12, o Centro Cultural de Aracaju, unidade da Fundação Cultural Cidade de Aracaju, será palco para a encenação de três peças teatrais, sendo duas destinadas para adultos e uma para o público infantil.

Laudamuco: Senhor de Nenhures, Bululu-Estórias da Invenção do Mundo e O Pássaro de Papel, texto de Aglaé Fontes, Presidente da Funcaju, são as peças que prometem encantar crianças, jovens e adultos. De acordo com a presidente da Funcaju, ao todo o grupo realizará 10 apresentações, que serão divididas nos horários da manhã, tarde e noite, de acordo com a faixa etária destinada para cada peça.

“Bululu e Laudamuco serão apresentadas sempre às 19h, sendo a primeira dias 09 e 10 e a segunda nos dias 11 e 12. Já a peça infantojuvenil, O Pássaro de Papel, terá seis apresentações com direito até duas encenações no mesmo dia”, falou Aglaé, que ressalta que todas as apresentações são inteiramente gratuitas e acontecerão no Teatro João Costa, no Centro Cultural.

Está é a segunda vez que a plataforma cultural e artística Fafe Cidade das Artes de Portugal visita a capital sergipana. Em março deste ano, o grupo apresentou duas peças teatrais, ambas voltadas para o universo feminino. As apresentações em Aracaju trata-se da continuidade de uma parceria iniciada no ano passado entre a Prefeitura Municipal de Aracaju e a Câmara Municipal de Fafe de Portugal.

Desta vez, a trupe traz na bagagem personagens como Bartolomeus e Amadeus, cômicos errantes que percorrem as histórias do Teatro inventando as "estórias" do mundo e da menina que desenha um pássaro cor de mel e aprende a voar, mas é rejeitado pelos outros pássaros por ser diferente.

Além dos espetáculos, haverá ainda quatro oficinas de intercâmbio para jovens atores, intituladas aulas encenadas, que acontecerão no prédio do Centro Cultural. Aglaé Fontes explica que para participar das oficinas é necessário que o interessado realize a inscrição no próprio Centro Cultural, onde 30 vagas estão sendo disponibilizadas para cada dia.

Moncho ressalta que as oficinas fazem parte do cronograma de intercâmbio com a classe artística. “Através das oficinas é estabelecido a troca de experiências e metodologias de um teatro, que procura ter uma linguagem com identidade própria sem abdicar da tradição, sendo contemporâneo”, falou.

As inscrições para as oficinas começaram hoje e seguem até o dia 28 deste mês ou até o preenchimento de todas as vagas. Já os ingressos poderão ser retirados no próprio Teatro em data a ser definida.

 

Confira os horários:

Bululu-Estórias da Invenção do Mundo

Dias: 09 e 10

Horário: às 19h

 

Laudamuco Senhor de Nenhures

Dias: 11 e 12

Horário: às 19h

 

O Pássaro de Papel

Dias: 09 e 10

Horário: às 9h e às 15h

 

Dias: 11 e 12

Horário: às 9h

 

Aulas encenadas

Dias: 09, 10, 11 e 12

Horário: às 14h

Notícias relacionadas