menu

Brasil

17/09/2014


Armando cobra explicações da relação de Paulo Câmara com a empresa

Pernambuco

Autor de um pedido de investigação proposto ao Ministério Público Eleitoral (MPE) para apurar as ligações entre o candidato Paulo Câmara (PSB) e a empresa Bandeirantes Pneus, o candidato Armando Monteiro (PTB) cobrou novamente explicações ao socialista sobre o uso do avião Cessna, que envolveu-se num acidente aéreo que vitimou o ex-governador Eduardo Campos (PSB), mês passado. Em 2011, Paulo Câmara concedeu benefícios fiscais à empresa e, em julho passado, voou no jato durante um ato de campanha eleitoral.

No debate da TV Jornal, Armando Monteiro cravou que é preciso que se conheça a relação entre Paulo Câmara e um dos os proprietários do avião, também dono da empresa beneficiada pelos incentivos fiscais do Estado.

“No caso do avião, há algo que precisa ser esclarecido. Paulo concedeu benefício à empresa. É preciso saber se Paulo sabia a quem pertencia o avião quando ele voou. E também se ele acha correto a mistura entre o público e privado”, questionou o candidato a governador Armando Monteiro.

(Ascom)

Notícias relacionadas