menu

Brasil

31/10/2019


Attuch: subserviência do Brasil aos EUA atrapalha participação brasileira na consolidação da rede de midia do BRICS

Por Walter Santos/SP/Convidado Especial

O editor do site e TV 247, Leonardo Attuch, avaliou em palestra no 4o Fórum de Imprensa do BRICS na tarde desta quinta-feira, em São Paulo, no debate sobre o “Desenvolvimento de novas tecnologias midiáticas no avanço da cooperação da midia do BRICS”, que a atual ordem politica liderada pelo presidente Jair Bolsonaro alinhado integralmente aos Estados Unidos é um fator a atrapalhar maior contribuição brasileira à construção da rede de midia no BRICS.

Attuch avaliou ainda que a Rússia e a China construiram alternativa melhor desenvolvida para se contrapor à narrativa dos fatos envolvendo os vários paises do BRICS expostos pela Midia Ocidental.

– Temos acompanhado a evolução da Rússia altamente qualificada, da mesma forma da China ao ousar desenvolver sua própria rede social sem abrigar a plataforma do Facebook, Youtube, etc, mas esta não é a realidade do Brasil onde o Governo e as empresas seguem orientação dos Estados Unidos – argumentou.

Attuch observou que, ao se precaverem e construirem sua própria rede, os países não foram contaminados como aconteceu na Ucrânia, Primavera Árabe e o Golpe de Estado no Brasil com Impeachment da presidente Dilma Rousseff, comprovadamente honesta.

O editor expôs ainda a fragilidade da Democracia brasileira pois, conforme revelou The Guardian, o Whatsapp reconheceu que a Direita usou endereços falsos nas ultimas eleições do Brasil interferindo com fake news.

Ele sugeriu que os participantes assistam “Privacidade haqueada” expondo a realidade recente no Pais diante de um representante do Poder brasileiro contra o multilateralismo, por isso a cooperação do Brasil à estratégia do BRICS na midia está afetada.

Notícias relacionadas