menu

Bahia

06/11/2015


Avião que caiu na Barra pode ter sido atingido por objeto

O piloto Ruy Alberto Textor acredita que o acidente aéreo que matou seu filho, o também piloto André Textor, de 30 anos, durante uma apresentação acrobática, em Salvador, no sábado 31, possa ter sido provocado por um objeto que atingiu a aeronave. Um vídeo enviado a ele registra um objeto, ainda não identificado, nas proximidades da aeronave.

Entre o tempo de 20 e 21 segundos é possível ver nas imagens, no canto esquerdo, que algo se aproxima do avião. O objeto parece atingi-lo. O pai deseja que o Ministério da Aeronáutica analise as imagens. (Veja abaixo)

"Realmente, eu fiquei impressionado com o que eu vi. Tinha alguma coisa, tem que ser investigado", disse Ruy, a TV Anhanguera de Goiás.

Ruy quer entender o que aconteceu. Ele lembra que a aeronave estava apta para voar e com as devidas manutenções. O pai também ressalta que André era um piloto experiente com mais de nove mil horas de voo. Ele já fazia acrobacias aéreas há nove anos, além de trabalhar como piloto agrícola.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar as causas do acidente.

A Tarde

Notícias relacionadas