menu

Nordeste

06/11/2019


Azevedo vê unidade do NE para resolver crise ambiental e pacto federativo

Por Walter Santos
Portal WSCOM

 

RECIFE-PE – O governador João Azevêdo (PSB), em entrevista ao Portal WSCOM, nesta quarta-feira (6), em Recife, declarou que a criação do Consórcio do Nordeste é de valor e instrumento preponderante para encarar a nova realidade ambiental, sob efeitos do derramamento de óleo no litoral nordestino. O chefe do Executivo paraibano também comentou sobre as medidas anunciadas pelo Governo Bolsonaro ao entregar ao Congresso Nacional novo pacote com três propostas de emenda à Constituição (PEC) que tratam de reformas econômicas que atingem os governos locais.

 

Azevêdo lembrou que a unidade dos governadores tem sido elemento fundamental para encarar e resolver os problemas ambientais em curso. “Estamos todos unidos e com posicionamento comum na questão do carbono zero e no combate dos efeitos do derramamento de óleo em nosso litoral”, observou.

 

PACOTE – O chefe do Executivo estadual paraibano revelou ainda que desde a última terça vem estudando cada item do Pacote de Medidas para dá um posicionamento mais amplo e concreto na reunião.

 

“Estamos focados em estudar e nos posicionar sobre algumas questões anunciadas para negociação”, finalizou.

Notícias relacionadas