menu

Brasil

04/06/2014


Bananeiras tem melhor projeto de empreendedorismo do Nordeste

Paraíba

O prefeito da cidade de Bananeiras, Douglas Lucena de Medeiros, foi o vencedor na categoria melhor projeto da região Nordeste na etapa nacional do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. A solenidade de premiação foi realizada nesta terça-feira (3), em Brasília, e reconheceu os 12 melhores projetos que elaboraram e implantaram ações de incentivo aos pequenos negócios no Brasil, entre os anos 2012 e 2013. A 8ª Edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor selecionou 123 projetos finalistas de um universo de 1.348 inscrições.

Intitulado “Bananeiras, cidade empreendedora”, o projeto de Bananeiras destaca a iniciativa da Casa do Empreendedor do município, que garante aos microempreendedores, através do Empreender Bananeiras – primeira franquia pública do País – acesso a crédito. Na etapa estadual da premiação, em maio deste ano, além do projeto “Bananeiras, cidade empreendedora” , selecionado melhor projeto estadual, a gestão municipal também foi reconhecida na categoria Desburocratização.

O gerente do Sebrae na região do Brejo, Marcílio de Sousa Santos, destacou a importância do projeto e da premiação para o município. “Esse é um reconhecimento nacional de ações e iniciativas que estão contribuindo para o crescimento da cidade e gerarão mais frutos nos próximos anos. Bananeiras é uma cidade empreendedora, que conta com a parceria do Sebrae para tornar mais eficiente suas potencialidades”, disse.

Na oitava edição, o Prêmio Prefeito Empreendedor já reconheceu nacionalmente o trabalho de 67 gestores municipais que identificaram nas micro e pequenas empresas uma importante ferramenta de desenvolvimento econômico sustentável. Esta é a segunda vez que a Paraíba se destaca na etapa nacional da premiação. Em 2003, o município paraibano de Cabaceiras foi um dos vencedores da etapa nacional, com o projeto “Caprinocultura e Turismo como caminho para o Desenvolvimento do Semi-Árido”.

A premiação reconheceu projetos que exploram as oportunidades geradas aos pequenos negócios pelos grandes eventos esportivos e trabalhos que ainda estão em fase de desenvolvimento pelos prefeitos que assumiram a gestão dos municípios nas últimas eleições. Também foram premiadas iniciativas inscritas nas categorias: Melhor Projeto do Estado, Lei Geral Implementada, Compras Governamentais, Desburocratização e Pequenos Negócios no Campo.

Os trabalhos vencedores focaram pelo menos uma das seguintes áreas de atuação: planejamento e infraestrutura para o desenvolvimento econômico e social local, desburocratização, formalização da economia local, política tributária para os pequenos negócios, compras públicas locais, acesso a inovação e tecnologia, representação, cooperação e associativismo, acesso a crédito e serviços financeiros, capacitação e empreendedorismo, promoção do desenvolvimento rural e Lei Geral Municipal.
 

Notícias relacionadas