menu

Piauí

06/12/2017


Banco Mundial investirá U$ 120 milhões no Piauí

A governadora em exercício Margarete Coelho recebeu, nesta quarta-feira (6), em reunião no Palácio de Karnak, representantes do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), que estão em missão no Piauí. Além de fazer um balanço das ações do banco no estado, no encontro com a chefe do Executivo em exercício foram apresentados novos nomes da gestão local do Bird.

Em parceria com o Estado, o banco deverá investir cerca de U$ 120 milhões nos próximos anos. De um ano e meio para cá, já foram investidos U$ 40 milhões. A missão, que segue até a sexta-feira (8), tem como objetivos a avaliação das ações realizadas no estado financiadas pela operação de crédito IPF e a apresentação dos novos coordenadores do Banco Mundial do projeto no Piauí, Marcelo Becerra e André Loureiro. Eles substituem Michael Drabble, que está à frente das ações desde 2013, acompanhando o projeto.

“O doutor Michael foi de uma gentileza, de uma dedicação enorme para o estado do Piauí. Ele agora parte para uma missão na Tunísia, houve essa troca na direção da equipe, aproveitamos o momento para fazer um relatório, um balanço das etapas da operação. O que percebemos é que o banco está muito satisfeito com os resultados no estado”, revelou Margarete..

Com mais três anos de duração, o projeto tem um saldo positivo na avaliação parcial, com um bom desempenho em termos de gastos como revelou Drabble. Os investimentos do banco em ações educacionais públicas têm trazido grandes saltos percentuais.

“Temos alguns desafios, mas o balanço global do projeto é positivo. Por exemplo, na educação é impressionante o trabalho que a Secretaria de Estado da Educação fez para reduzir a taxa de abandono no ensino médio. Nós tínhamos um objetivo de reduzir o percentual de evasão para 14,5% até o fim de 2019, já estamos menor do que isso, entre 11 e 12%”, explicou.

Outro trabalho do Bird, dessa vez vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), tem enfrentado a demanda de pacientes com doenças crônicas. Por meio dos investimentos do banco, dois centros de especialização em doenças crônicas estão garantidos para a cidade de Picos e outro vai começar a ser operalizado nos próximos meses na cidade de Parnaíba.

Além de ações educacionais e de saúde, o Banco Mundial investe no Piauí nas áreas de desenvolvimento rural, fornecimento de água e meio ambiente.

Brasília

Nesta quarta-feira, às 15h, horário de Brasília, a governadora Margarete Coelho se reúne com o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia. Na reunião, que também deverá contar com a presença dos nove governadores do Nordeste, será tratada a medida provisória que discute os juros do Banco do Nordeste (BNB).

“O que nós esperamos é, com essa medida provisória encaminhada, atender o objetivo que é de redimensionar os juros”, adiantou Margarete. Os juros mais baixos garantem manutenção de recursos nos cofres públicos, podendo serem investidos em outras áreas.

Brasil 247

Notícias relacionadas