menu

Alagoas

07/07/2015


Barbosa solicita apoio da bancada para liberação de R$ 25 milhões

Em reunião com integrantes da bancada federal alagoana, nesta segunda-feira, 6, o secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, solicitou apoio dos parlamentares para a liberação de R$ 25 milhões em recursos para a educação em Alagoas.

A verba, oriunda de convênios já assinados, será direcionada para, dentre outras ações, o combate ao analfabetismo e construção de dois novos centros de educação profissionalizante nos municípios de Arapiraca e Pilar.

O encontro, realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) foi convocado pelo líder da bancada alagoana, deputado federal Ronaldo Lessa.

O secretário Luciano Barbosa expôs projetos empreendidos pela pasta, a exemplo da expansão da oferta de ensino médio em regime integral, iniciada este ano com a Escola Estadual Marcos Antônio, no Benedito Bentes, onde o conteúdo do ensino médio é integrado a cursos profissionalizantes.

"Alagoas registra um número muito baixo de estudantes de 15 a 17 anos matriculados no ensino médio e isso se deve ao fato de muitos jovens, nesta faixa etária, ainda estarem no ensino fundamental ou fora da escola”, disse Barbosa.

Para reverter esse cenário, o secretário dá continuidade ao planejado desde a campanha eleitoral.

“Vamos fazer um trabalho de correção da distorção idade/série e expandiremos o modelo de ensino médio em tempo integral, tendo como referência a Escola Marcos Antônio. Nossa expectativa é que, em 2016, tenhamos 14 unidades funcionando neste sistema e, que, em um período de quatro anos, sejam 30 escolas nesta situação", adiantou o secretário.

Barbosa informou ainda que a secretaria pretende promover uma política de formação para suprir as carências existentes na rede pública, em especial nas disciplinas de Exatas e Artes. "Para isso, fortaleceremos ainda mais nossos laços com as universidades alagoanas", enfatizou.
Por fim, o secretário falou do transporte escolar e da importância do gasto eficaz da verba pública.

"Ao tomarmos iniciativa de fazer um reordenamento de gastos, tivemos uma economia de 40% em relação ao transporte. Queremos oferecer o melhor transporte aos nossos alunos, mas também promover o gasto correto do recurso", declarou Barbosa.

Ele informou, sobretudo, que o pagamento da empresa prestadora do serviço deve ser efetuado até a próxima sexta-feira (10).

Apoio – Ao receber as demandas do secretário Luciano Barbosa, o deputado Ronaldo Lessa se comprometeu em levar os pleitos do Governo de Alagoas ao Ministério da Educação (MEC).

"Entendemos que o investimento em um ensino público de qualidade é a principal medida para mudar a realidade alagoana e, por isso, reuniremos a bancada para este encontro com o ministro Renato Janine onde apresentaremos nossas reivindicações. O governador Renan Filho pode contar conosco, pois a bancada está atendendo às demandas do estado", afirmou Lessa.

Ana Paula Lins
Agência Alagoas

Notícias relacionadas