menu

05/07/2019


Blog de WS: a hora de fazer justiça e reconhecer Pinto do Acordeon como Mestre

O multimidia, Publisher e empresário Walter Santos traz em seu Blog a importante necessidade da Paraiba incluir o renomado artista Pinto do Acordeon no programa da SECULT voltado a prestigiar nomes de relevância nas artes e cultura.

Eis a opinião de WS:

Réquiem para Pinto do Acordeon: a hora de inseri-lo no programa Canhoto da Paraiba por mérito e justiça

Somente nesta sexta-feira ficamos sabendo de uma realidade justificadíssima em torno do genial Pinto do Acordeon em fase de ser inserido no programa “Mestre dos mestres – Canhoto da Paraiba”, uma forma de proteger e valorizar grandes nomes das artes populares.

No percurso, conforme relato de amigos, há uma demora e burocracia a se vencer porque o programa tem limites de quantidade dos artistas selecionados daí a necessidade da Assembléia Legislativa de ampliar um pouco a dimensão do projeto.

A URGÊNCIA EM VIDA

Pinto do Acordeon dispensa apresentação e defesa porque ele próprio significa a maior expressão da cultural / musical de raiz a partir de Conceição do Piancó passando por Patos chegando em João Pessoa e conquistando o mundo.

Felizmente o competente Secretário de Cultura, professor Damião Ramos Cavalcanti, já percebeu a importância e urgência porque o artista anda frágil na saúde e demorar demais é incorrer na possibilidade de ineficácia da ação. Urge abrigar Pinto do Acordeon de imediatom O tempo não para.

UMA EXPRESSÃO ALÉM DA AMIZADE

Conheci Nego Pinto – de forma carinhosa e respeitosa – no final dos anos 70 quando era repórter do Jornal Correio e fui cobrir um jogo em Patos quando no Restaurante Tigrão vi sua performance extraordinária e a partir daí
comecei a admirá-lo enormemente.

Pinto do Acordeon é exemplo e referência ao longo do tempo a merecer tamanha honraria. Chegou a hora.

Notícias relacionadas