menu

Brasil

03/10/2018


Bolsonaro vai a 32% e Haddad estaciona com 21%, aponta Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta terça-feira 2 confirma a tendência divulgada pelo Ibope e aponta crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) para 32% das intenções de voto. O candidato cresceu quatro pontos em relação ao último levantamento, mesmo depois das mobilizações do #Elenão que levaram centenas de milhares às ruas no Brasil e no exterior, contra o candidato de extrema-direita.

Já Fernando Haddad (PT) variou de 22% para 21%. Foi a primeira vez que Haddad apareceu estagnado desde que foi oficializado como candidato do PT. Se os candidatos mantiverem suas posições atuais até o final da campanha, haverá segundo turno entre os dois postulantes do PT e do PSL.

Ciro Gomes (PDT) se manteve com 11%, empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou de 10% para 9%. Marina Silva (Rede) oscilou de 5% para 4% desde sexta-feira, quando foi divulgado o último Datafolha.

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro e Haddad empatam tecnicamente: Bolsonaro cresceu de 39% para 44% e Haddad oscilou de 45% para 42%.

A taxa de rejeição de Bolsonaro continua sendo a mais alta, tendo oscilado de 46% para 45%. Já a de Haddad cresceu nove pontos, de 32% para 41%.

Segundo o Datafolha, 8% pretendem votar em brancos e nulos e 5% estão indecisos. Entre os que estão no primeiro grupo, 30% dizem que ainda podem escolher um candidato até a eleição.

Foram ouvidos 3.240 eleitores de 225 municípios nesta terça. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Brasil 247

Notícias relacionadas