menu

Ceará

18/10/2019


Buscas por vítimas em local de desabamento chegam ao quarto dia seguido em Fortaleza

Aline Freitas – Ascom SSPDS Texto
Ronaldo Gusmão/CBMCE Foto

 

Pelo quarto dia seguido, o Sistema de Segurança segue atuando em busca de vítimas do desabamento do edifício Andrea, ocorrido na terça-feira (15), no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Na manhã desta sexta-feira (18), o governador do Ceará, Camilo Santana, que determinou empenho máximo das tropas no resgate de pessoas que estão sob os escombros, esteve no local, onde acompanhou as ações dos profissionais de segurança.

Até o momento, sete vítimas fatais foram retiradas pelo Corpo de Bombeiros. A última delas foi Vicente de Paulo Menezes (87) retirado nesta sexta-feira (18). As demais vítimas fatais são: Rosane Marques de Menezes (56), Maria da Penha Bezerril Cavalcante (81), Nayara Pinho Silveira (31), Antônio Gildasio Holanda Silveira (60), Izaura Marques de Menezes (81) e Frederick Santana dos Santos (30). Outras duas pessoas foram reportadas por parentes como presentes no edifício no momento do desmoronamento e seguem como desaparecidas. Sete pessoas foram resgatas com vida pelos Bombeiros.

Homem reportado por familiares se apresenta

Um homem que seria um técnico em ar-condicionados, que até então integrava a lista de pessoas que poderiam estar no Andrea no dia do desabamento, foi localizado na tarde desta sexta-feira (18) em um bairro de Fortaleza. O irmão dele se apresentou no local, no dia do ocorrido, reclamando o desaparecimento do parente e afirmando que ele estaria nos escombros. Diante das informações, o CBMCE agia em busca também do trabalhador. O homem esteve hoje no local do desabamento para esclarecer que não estava no prédio no dia do desabamento.

Notícias relacionadas