menu

Ceará

19/08/2016


Camilo Santana critica decisão de Temer sobre DNOCS

 O governador Camilo Santana (PT) não ficou satisfeito com a decisão do presidente interino Michel Temer (PMDB) de transferir para o Departamento Nacional das Obras Contra as Secas (Dnocs) a execução de várias das ações emergenciais em estados do Nordeste. “Achei que foi um erro do Governo (Federal)”, disse, demonstrando preocupação sobre a velocidade de execução dos projetos. “Se A, B ou C vai executar, o importante é que seja feito, porque as pessoas estão passando sede. “Independente do governo, compromissos precisam ser honrados”.

Os secretário de Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira, também demonstrou preocupação com a mudança. “Entra agora novo ator que não está participando desse processo e terá de voltar praticamente a zero”, analisou. Para ele, a instalação de adutoras de montagem rápida e o abastecimento à área urbana por carros-pipa serão as principais ações afetadas.

Em nota, o Ministério da Integração Nacional informou que só parte das adutoras de engate rápido terá execução pelo Dnocs. “Boa parte das obras e programas emergenciais continuará sob responsabilidade dos governos estaduais”.

Com a mudança de comando no País, mesmo que provisoriamente, o Dnocs passou a ser controlado em sua maioria por peemedebistas.

Ceará 247

Notícias relacionadas