menu

Brasil

01/12/2014


Capital registra redução de novos casos de Aids

Maranhão

Hoje é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Aids, e dados confirmam que o número de novos casos de infecção por HIV em São Luís diminuiu. Segundo o programa DST/Aids da Secretaria de Estado de Saúde, em 2013, foram registrados 364 casos da doença na capital, enquanto que em 2014, até outubro, foram diagnosticados 173 casos.

Apesar disso, São Luís ainda possui o maior número de casos no Maranhão. Nos últimos 28 anos foram confirmados 11.839 casos no Estado, sendo 5.348 (46,2%) somente na capital. A faixa etária com maior incidência de casos é entre 25 e 49 anos, e são mais diagnosticados em pessoas do sexo masculino.

Em São Luís, os Centros de Testagem e Acolhimento (CTAs) no Anil e no Lira, realizam teste rápidos para diagnóstico do vírus HIV. Os casos de pacientes com o vírus são encaminhados para o Centro de Saúde do Bairro de Fátima. Lá, ele recebe orientação médica, psicológica e atendimento de assistente social.

A coordenadora do centro de saúde, Celia Bastos, conta que o local já se tornou referência. “Temos uma média de 2.460 pacientes. Além de consulta médica, temos também profissionais em infectologia,e também realizamos testes rápidos e gratuitos para o diagnóstico do vírus”, conta.

Além disso, no local o paciente recebe as medicações para tratamento da doença, que são fornecidos atualmente pelo Ministério da Saúde e distribuídos na rede pública municipal. A cada 30 dias o paciente busca o medicamento.

Giusélia Araújo trabalha no Centro como enfermeira, conta que todo dia chega um caso novo: “Há muitos casos em que a pessoa teve uma relação sexual com um desconhecido e se arrepende no dia seguinte. Ele(a) acaba trazendo a pessoa com que se relacionou para fazer o teste, quase como se fosse uma ‘pílula do dia seguinte para Aids”.

A enfermeira fala ainda que há muitos casos de infidelidade. “Já houve vários em que o marido fica doente, e quando chega ao hospital os exames mostram que ele é soro positivo. É então que ele resolve contar para a esposa que foi infiel. A esposa quando vai fazer o teste descobre e na maioria das vezes também está com o vírus”, diz.

 

(Do portal O imparcial) 

Notícias relacionadas