menu

Paraíba

11/11/2014


Cartaxo nega pressa para definir cargos no Governo

Não temos pressa!”. Com essas palavras o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), resumiu a expectativa de lideranças do PT em ocupar cargos e funções na nova gestão do governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB). De acordo com o petista, não existe condicionante sobre o resultado das últimas eleições que determine a participação no Executivo Estadual.

Ainda segundo Luciano Cartaxo, também não existe uma data prévia para que os membros da Executiva Estadual do PT e o governador discutam sobre uma possível indicação entre as lideranças dos dois partidos – PSB e PT – nas gestões estadual e municipal.

“Estamos aguardando com tranquilidade, não vamos pressionar, nem forçar a barra, querer impor nada e nem condicionar o resultado das eleições a uma participação de cargos no Governo”, disse o prefeito em entrevista à Rádio Arapuan FM.
Cartaxo complementou: “O importante é que a gente mantenha essa capacidade de dialogar, estabelecendo parcerias para João Pessoa e para o Estado. Mas, lógico que vai chegar o momento do governador pensar em montar a sua equipe e havendo o chamamento do PT, vamos sentar e conversar sem nenhum problema”.

Nonato Bandeira
Sobre os rumores de uma possível reaproximação política com o vice-prefeito Nonato Bandeira (PPS), Luciano Cartaxo disse que desde 2013 não existe uma conversa entre os dois, mas afirmou que respeita o posicionamento do companheiro de chapa nas eleições de 2012.

“Não tivemos nenhuma conversa desde o período de pré-campanha. Nonato fez uma opção política, ainda em 2013, para disputar uma campanha aliado a Cássio Cunha Lima (PSDB) em um projeto que tinha como meta colocar Luciano Agra (PEN) como vice-governador e eu dizia que aquele era um ano para trabalhar e pensar no governo”, disse.

“De lá para cá, ele fez a sua decisão política, nós respeitamos, mas do ponto de vista pessoal, não tivemos nenhum desentendimento, bate-boca ou nada que pudesse estragar uma relação de respeito. Ele é o vice-prefeito e foi eleito da mesma forma que eu fui eleito prefeito”, concluiu.  

 

 

(Do WSCOM)

Notícias relacionadas