menu

Brasil

21/07/2015


Casos de Guillain-Barré chegam a 50 na Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), através da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), informa que até as 10h desta terça-feira, 21, foram notificados na Bahia 106 casos da Síndrome de Guillain-Barré. Sendo 50 casos confirmados, 48 apresentaram histórico de doença exantemática(que apresenta erupções cultânea, podendo ser dengue, zika ou chikungunya) e dois não.


Na sexta-feira, 17, a Sesab divulgou um boletim com 101 notificações. Desses, 49 casos foram confirmados. Na segunda-feira, 13, eram 42.


Os municípios com o maior número de casos são Salvador com 38, Feira de Santana foram 3 e Valença 2. A Sesab indica ainda que 26 casos estão sendo investigados, 24 já foram descartados. Um novo boletim será divulgado na sexta-feira, 24.


A doença
A Síndrome é uma doença neurológica rara, que não tem causa definida, mas pode ser associada a doenças virais. Seu sintomas são fraquezas ascendentes e paralisias flácidas, que costumam começar pelos membros inferiores e podem atingir as vias respiratórias.

Notícias relacionadas