menu

Brasil

27/03/2017


Cavendish pretende delatar que comprou partido para Cunha

O empreiteiro e ex-dono da Delta Fernando Cavendish, em sua delação que negocia com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, indicou que pretende dar detalhes de como “comprou um partido” para Eduardo Cunha, o ex-presidente da Câmara Federal hoje preso na Operação Lava Jato.
Cavendish foi preso na Operação Saqueador ano passado e solto há poucos meses após confirmar colaboração premiada.

De acordo com informações de fontes, foram alguns milhões de reais dados a um presidente de partido de porte mediano – com mandatários na Câmara e até Senado – para que fechasse apoio a Cunha na eleição para presidente da Câmara e o mantivesse em votações importantes.

O que Cunha e Cavendish ganhariam com isso a médio ou curto prazos, só o empresário poderá revelar nas próximas semanas. Mas tem presidente de partido sem dormir no Rio de Janeiro.
 

IG

Notícias relacionadas