menu

Brasil

11/01/2014


China pede, e Brasil muda data de cúpula dos Brics por causa da Copa

DECIDIDO

O Brasil terá pouco tempo para recuperar o fôlego depois da Copa do Mundo: logo em seguida, o país será sede de outro evento internacional de peso, a reunião de cúpula dos Brics. Por influência da China, o encontro de líderes do grupo, previsto para março ou abril deste ano, será aberto em 15 de julho, dois dias após a final da Copa, conforme negociado entre os dois países. O evento será em Fortaleza.

Terminada a cúpula dos Brics, no dia 16, o líder chinês, Xi Jinping, ficará no Brasil para uma visita de Estado de dois dias.

Fã declarado de futebol, Xi indicou que gostaria de ir ao Brasil no período da Copa quando se encontrou com o vice-presidente, Michel Temer, que esteve em Pequim em novembro.

Na última cúpula dos Brics, realizada em março de 2013, a presidente Dilma Rousseff havia convidado Xi a assistir à final no Brasil.

Na época do encontro de Xi com Temer, diplomatas brasileiros praticamente descartavam a hipótese de que a cúpula dos Brics coincidisse com o Mundial, pois isso exigiria esforço redobrado em segurança e logística.

Notícias relacionadas