menu

Brasil

14/11/2013


Chris Lazlo, EUA: “As empresas do Nordeste apostam em inovação sustentável”

NESTA EDIÇÃO

A Revista NORDESTE 83 ouviu especialistas internacionais para debater a seguinte questão: Dá para inovar sem gastar mais e sem prejudicar o meio ambiente? Eles dizem que sim.

A Revista NORDESTE ouviu dois especialistas no assunto: o americano Chris Laszlo, diretor de Pesquisa da Faculdade no Centro Fowler para Valor Sustentável, da Universidade Case Western, em Ohio (EUA), autor de livros como “Valor Sustentável: como maiores empresas do mundo estão fazendo bem”; e Ilma Barros, pesquisadora na área de sustentabilidade e doutora em Comportamento Organizacional pela mesma universidade e faz consultoria para o Banco Mundial e Organização das Nações Unidas. Eles revelam que a ordem é inovar para preservar (tanto a natureza, quanto a própria saúde das empresas).

Os grandes empresários vão além da redução de custos, afirma Chris Laszlo. “Clientes de porte, como o WalMart, querem usar um produto como esse. As empresas agora estão mostrando para os seus clientes que é importante ir atrás de soluções que não agridam a natureza e não destruam o ambiente. E isso é bom para todos: para a empresa, que tem a imagem melhorada perante os clientes, e para o trabalhador, que corre menos risco, já que não precisam usar luvas ou equipamentos para mantê-los a salvo dos produtos químicos. Todo mundo sai ganhando”, avalia.

Ilma Barros e Chris Lazlo participaram de um fórum promovido pela Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP), onde discutiram sobre inovação. A roda de discussão com os empresários paraibanos, no mês de setembro, teve a finalidade de estimular a cooperação entre diferentes setores da sociedade, bem como facilitar o planejamento na construção de novos projetos no estado.

Leia mais na Revista NORDESTE 83, já nas bancas!

Notícias relacionadas