menu

Brasil

02/10/2016


Ciro diz que pensará ‘100 vezes’ se disputará a presidência novamente

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) disse que pensará "cem vezes" antes de decidir se candidatar novamente à Presidência da República. "Cumprirei a tarefa que o PDT me der, mas vou pensar cem vezes antes de decidir a candidatura à presidência da República. Porque o que espera uma candidatura de um homem como eu, que pensa o que penso, que fala o que eu falo, e que confronta os poderes que tenho confrontado ao longo da minha vida, é praticamente uma tarefa inumana. E eu não quero perder a minha humanidade por nenhuma ordem de serviço. Mas, se eu entendo, como nesse momento estou entendendo, que o Brasil precisa da minha militância, da minha experiência, de 36 anos de vida pública limpa, o Brasil contará comigo", disse ao jornal O Globo.

Ciro, que acompanhou o prefeito e de Fortaleza e candidato a reeleição, Roberto Cláudio (PDT), na votação deste domingo (2), disse ter esperança que a disputa pela capital cearense seja decidida em um segundo turno. Ele também disse a sua ausência e a do irmão, Cid Gomes, alegando que Roberto Cláudio já é conhecido pela população.

"A esperança que tenho é que ele vai para o segundo turno liderando a votação. Nós dividimos as tarefas porque o grande líder em Fortaleza chama-se Roberto Cláudio. Da outra vez era necessário uma presença nossa para apresentá-lo, na medida em que ele era o presidente da Assembleia, mas não era tão conhecido ainda pela vocação de administrador. Hoje, ele é o melhor prefeito de capital que o país tem, rivalizando só com o prefeito de Salvador (ACM Neto – DEM)", disse.

Notícias relacionadas