menu

02/09/2019


Confirmado: Segurança do Piauí investe em tecnologia e interação com a comunidade para reduzir violência

Dados apresentados pelas autoridades do setor de segurança do Piauí apontam que os resultados dos investimentos em novos incrementos e estratégias de trabalho já se mostram positivos.

Com o tablet do PMPI Mobile o policial pode fazer o atendimento na própria viatura (Reprodução TV CCom)

Novas viaturas, equipamentos de uso individual, aparelhos, softwares e novas estratégias, além do trabalho em parceria com a sociedade. Essa é a realidade da Polícia Militar do Piauí, instituição que recebe uma série de investimentos do Governo do Estado para auxiliar no trabalho de policiamento ostensivo e combate ao crime na capital e no interior do estado. Como consequência, o estado registra uma queda nos índices de criminalidade.

Segundo o que aponta o Atlas Brasileiro da Violência 2019, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública pelo Instituto Nacional de Pesquisas Aplicadas (Ipea), o Piauí apresenta a menor taxa estimada de homicídios da região, tendo somado uma média de 20,9 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes. Os dados são referentes ao ano de 2017. No tocante aos crimes violentos contra a vida, como os homicídios, em 2019, o Piauí já conseguiu reduzir em 10% os registros, sobretudo em Teresina.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Fábio Abreu, explica que a redução dos homicídios no Piauí é resultando de um planejamento estratégico realizado pelo Governo do Estado, focando em três pontos: uso de inteligência, ação integrada entre as polícias e mapeamento das zonas mais perigosas.

O gestor diz ainda que a expectativa é que os índices melhorem mais, já que desde 2018 o Estado está executando o Plano Estadual de Segurança Pública, com estratégias mais específicas. “De 2015 até o ano passado, estamos trabalho de forma emergencial para reduzir a violência. E hoje temos um plano definitivo e em cima dele vamos ter mais êxito”, finalizou Fábio Abreu.

Notícias relacionadas