menu

Brasil

18/07/2014


Confronto entre a PM e sem terra deixa feridos na divisa entre a PB e PE

INVASÃO

Um protesto realizado por trabalhadores do Movimento Rurais Sem Terra (MST) terminou com seis pessoas feridas por tiros de bala de borracha, na divisa entre os Estados da Paraíba e Pernambuco, na rodovia BR-101. De acordo com a assessoria do deputado Frei Anastácio (PT), os disparos foram proferidos pela Polícia Militar pernambucana.

O protesto começou por volta das 8h30 e a estrada só foi liberada depois da ação, que contou com a participação de 30 policiais. O trânsito no local ficou lento durante boa parte do dia.

Segundo o deputado estadual Frei Anastácio (PT), as famílias estavam realizando o protesto em reivindicação por uma audiência com a Justiça de Pernambuco. Eles querem negociar uma ordem de despejo expedida para o acampamento Ouro Verde, que fica na divisa com a Paraíba.

“Além dos feridos, vários trabalhadores fugiram pelo mato com medo do tiroteio. Eles são do acampamento Ouro Verde, que tem 40 famílias reivindicando terra para trabalhar. Esperamos que o Incra de Pernambuco tome as providências urgentemente para que a situação seja resolvida”, afirmou o deputado.

As famílias que estão no acampamento, são acompanhadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “As famílias irão permanecer na área, até que seja dada uma solução. Condenamos essa ação truculenta da Polícia. Não é com uma operação de guerra, como essa, que se resolve situações como a que está acontecendo”, disse o deputado.


 

Notícias relacionadas