menu

Maranhão

04/05/2016


Convênio de R$ 40 milhões beneficiará famílias de baixa renda no Maranhão

Cerca de 4 mil famílias rurais de baixa renda de 16 municípios maranhenses serão beneficiadas com tecnologias sociais de acesso à água para produção de alimentos. Convênio assinado nesta terça-feira, dia 03, entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o governo do Maranhão disponibilizará R$ 40 milhões para a construção de cisternas telhadão multiuso.

O reservatório tem capacidade de captar e armazenar 25 mil litros de água da chuva, possibilitando aos agricultores melhorarem sua produção, e a segurança alimentar e nutricional das famílias. “É um sistema que vai possibilitar o incremento das atividades produtivas dessas famílias, mesmo nos períodos de falta de estiagem”, destaca o governador do Maranhão, Flávio Dino.

Os municípios beneficiados são integrantes do Plano Mais IDH, criado pelo governo do estado para promover a redução da extrema pobreza e das desigualdades sociais no meio urbano e rural. A estratégia abrange os 30 municípios com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Maranhão – e que estão entre as 100 cidades mais pobres do Brasil.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) terá 11 milhões no Maranhão. Desse total, R$ 8 milhões serão destinados para a compra de leite e R$ 3,2 milhões para os demais alimentos. Os produtos adquiridos de agricultores familiares do próprio estado ajudarão na promoção da segurança alimentar entre as famílias mais vulneráveis em parceria com a rede socioassistencial e nas escolas da rede pública de ensino.

“O PAA é de enorme importância porque promove o desenvolvimento social, a partir do crescimento da produção familiar. As famílias de baixa renda tem esse caminho para incrementar sua renda e conseguir acesso a patamares mais altos de cidadania”, ressalta Flávio Dino.

O Imparcial

Notícias relacionadas