menu

Pernambuco

02/10/2016


Datafolha, votos válidos: Geraldo tem 45%, João Paulo, 29%, no Recife

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (1º) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida pela Prefeitura do Recife:

– Geraldo Julio (PSB) – 45%
– João Paulo (PT) – 29%
– Daniel Coelho (PSDB) – 17%
– Priscila Krause (DEM) – 6%
– Edilson Silva (PSOL) – 2%

Os candidatos Carlos Augusto (PV), Pantaleão (PCO) e Simone Fontana (PSTU) foram citados, mas não alcançaram 1%.

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.
Segundo Datafolha, sobre a “decisão dos votos, 80% declararam estar totalmente decididos (era 75%), 19% declararam que ainda podem mudar de opinião (era 23%) e 1% não soube informar (era 2%)”.

A pesquisa foi encomendada pela Folha de S.Paulo e TV Globo.

Votos totais

Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

– Geraldo Julio (PSB) – 39%
– João Paulo (PT) – 25%
– Daniel Coelho (PSDB) – 15%
– Priscila Krause (DEM) – 6%
– Edilson Silva (PSOL) – 2%
– Branco/nulo – 8%
– Não sabe/não respondeu – 4%

Os candidatos Carlos Augusto (PV), Pantaleão (PCO) e Simone Fontana (PSTU) foram citados, mas não alcançaram 1%.

Segundo turno

O Datafolha fez uma simulação de segundo turno. Veja os resultados:

– Geraldo Julio (PSB) – 52%
– João Paulo (PT) – 34%
– Branco/nulo – 11%
– Não sabe/não respondeu – 5%

Debate

O Datafolha perguntou a opinião dos eleitores sobre o desempenho dos candidatos no debate TV da Globo. Geraldo Julio foi avaliado como o candidato que melhor se saiu no debate, com 21% de menções. Para 9%, o melhor foi João Paulo; para 9%, Daniel Coelho; para 7%, Priscila Krause. Para 2%, nenhum deles, e para 1%, todos foram bem. Não souberam dizer quem foi o melhor, 50%.

O Datafolha ouviu 1.740 eleitores entre os dias 30 de setembro e 1º de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%.
A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TER-PE) sob o número PE-08457/2016.

G1

Notícias relacionadas