menu

Brasil

29/06/2014


De virada, Holanda despacha o México e vai às quartas

COPA DO MUNDO

México e Holanda fizeram hoje (29) à tarde, em Fortaleza, um jogo que só uma Copa do Mundo pode promover. Virtualmente eliminada até os 42 minutos do segundo tempo, a Holanda conseguiu virar o jogo ainda no tempo normal e arrancou a vaga das mãos do time mexicano nos últimos lances. No final, o placar de 2 a 1 foi digno dos roteiros mais dramáticos de uma novela tipicamente mexicana e dos capítulos mais marcantes da história das Copas.

Não foi um jogo fácil para a Holanda, que precisou lutar contra o calor cearense, o rápido time mexicano e o relógio. O México não se intimidou e jogou de igual para igual. Um dos primeiros ataques dos mexicanos obrigou o goleiro Cillessen a sair da área e afastar a bola com um chutão. Aos oito minutos de jogo, a Holanda teve uma baixa inesperada. O volante De Jong saiu lesionado, dando lugar a Martins Indi.

O forte calor em Fortaleza parecia ser a arma dos mexicanos, que tiveram as melhores oportunidades de gol no primeiro tempo. Usando a velocidade como principal arma, fizeram a defesa laranja correr atrás dos rápidos Giovanni dos Santos e Layún. Aos 13 minutos, Layún passou fácil pelo zagueiro e cruzou na área. Giovanni dos Santos se esticou para tocar na bola, mas não conseguiu.

Aos 16 minutos, o México chegou novamente com muito perigo. Após tabela dentro da área holandesa, Herrera chutou à esquerda do gol, muito perto de abrir o placar. Aos 23, Salcido arriscou de muito longe e obrigou Cillessen a espalmar para fora. Aos 26 minutos, a Holanda conseguiu entrar na área mexicana. Van Persie foi lançado, dominou a bola, mas chutou para fora. A partir do lance, os holandeses equilibraram o jogo e empurraram o México para o campo de defesa.

Por causa do calor em Fortaleza, o árbitro fez uma pausa para hidratação aos 31 minutos de jogo. Por três minutos, os jogadores descansaram à sombra e aproveitaram para discutir a partida e corrigir alguns erros.
 

Notícias relacionadas