menu

Ceará

26/02/2016


Decretada ilegalidade da greve dos professores de Fortaleza

Os professores da rede municipal de educação foram surpreendidos, no final da tarde de hoje, com a decretação da ilegalidade da greve da categoria, deflagrada no último dia 12. A decisão foi da desembargadora Maria Iraneide Moura e Silva que estipulou ainda multa diária de R$ 100 mil em caso de não cumprimento da medida liminar.

A juíza, considerou a reivindicação dos professores desproporcional. Os professores reivindicam um reajuste de 11,36%, referente ao percentual do piso nacional da categoria.

Amanhã os professores terão uma Assembleia Geral e deverão discutir sobre a decisão judicial.

Notícias relacionadas