menu

Pernambuco

12/01/2017


Detentos fazem motim no Complexo do Curado

O Complexo Prisional do Curado teve uma tarde de tensão nesta quarta-feira. Insatisfeitos após uma revista minuciosa feita no Presídio Aspirante Marcelo Francisco de Araújo (Pamfa), os detentos de um dos pavilhões fizeram um motim na unidade. De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), a situação foi pontual e controlada sem vítimas.

Na operação "pente-fino", foram apreendidas drogas, centenas de armas brancas e duas armas de fogo, incluindo uma pistola da marca Taurus com calibre .40 de uso restrito. Segundo o Governo de Pernambuco, as inspeções são sistemáticas para garantir a segurança dos agentes penitenciários, demais trabalhadores do sistema prisional e preservar a integridade dos reeducandos. Os armamentos foram localizados por cães farejadores.

Para controlar a confusão no Pamfa, policiais militares tiveram que ser acionados. A situação só foi acalmada com o apoio dos agentes penitenciários, do Grupo de Operações e Segurança (GOS/Seres) e da Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica (Giso/Seres).

01 pistola calibre .40
10 munições .40
01 revólver calibre 38
12 munições calibre 38
12 foices
18 facões industriais
55 facas industriais
21 facas artesanais
01 facão artesanal
26 barrotes de madeira
27 celulares
01 tablet
13 baterias de celular
02 balanças de precisão
37 carregadores de celular
04 chips telefônicos
03 chuços
15 fones de ouvido
05 usinas de cachaça artesanal
268 litros de cachaça artesanal
2,640 quilos de maconha
467 gramas de crack
65 gramas de ácido bórico 

Notícias relacionadas