menu

Brasil

20/03/2014


Deu Leão. Wagner confirma nome do candidato a vice na chapa de Rui

Bahia

Indicado pelo PP, o deputado federal João Leão será candidato a vice na chapa do governo, confirmou nesta quarta-feira, 19, o governador Jaques Wagner. "A escolha foi pelo PP, e o PP escolheu internamente o deputado João Leão", disse.

Prefeito de Lauro de Freitas entre 1989 e 1992, Leão está no quinto mandato na Câmara Federal. Exerceu a chefia da Casa Civil da prefeitura de Salvador, entre março de 2011 e março de 2012, durante a gestão do ex-prefeito João Henrique.

Ontem pela manhã, Wagner tomou café com o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), para explicar ao pedetista por que ele não seria o vice do candidato ao governo, o chefe da Casa Civil, Rui Costa.

Wagner reforçou os critérios que o levaram a optar pelo PP, entre eles o número de prefeitos e deputados federais, além do tempo de televisão.

Critério e ligação a Lupi

"São os critérios clássicos, acolhidos por todos como objetivos", defendeu. Após conversar com Nilo, restava apenas comunicar a decisão a Carlos Lupi e Félix Mendonça Jr., respectivamente presidente nacional e presidente estadual do PDT.

A tarefa de informar o fechamento da chapa – que tem ainda o vice-governador Otto Alencar (PSD) como candidato ao Senado – a Félix foi designada ao secretário de Relações Institucionais, Cícero Monteiro. Wagner informou que telefonaria pessoalmente para Lupi.

"Me comprometi a apresentar critérios. A liturgia na política é muito importante, o gesto de falar antes", defendeu, ao explicar o motivo de não ter feito o anúncio oficial de Leão. Candidato à reeleição, o deputado Marcelo Nilo não deixou, por sua vez, de alfinetar o governador.

"Quando ele tornar pública a indicação do vice, eu vou apresentar minha posição política. Não quero que o governador tome conhecimento pela imprensa", declarou o presidente da AL-BA.

Rui e Leão

Wagner minimizou ainda o uso que poderá ser feito pela oposição de declarações de Leão sobre Rui. Em entrevista ao A TARDE em junho do ano passado, o pepista afirmou que o secretário da Casa Civil de Wagner não agregava.

Na época, o parlamentar defendia a indicação do senador Walter Pinheiro (PT) para disputar o governo.

"Política é assim mesmo. As opiniões vão evoluindo. Quando eu apostava em Rui, muita gente achava isso. Pelo que ele tem conseguido aglutinar, está claro que era uma impressão errada", afirmou Wagner.

O primeiro teste de palanque para a dupla deverá acontecer em Barreiras, em plenária do programa de governo participativo do PT.

Inicialmente agendado para o próximo domingo, o evento foi adiado para data ainda não definida. Além de ser do PP, outro ponto favorável a Leão seria sua influência política na região oeste do estado.

(Portal A Tarde)

Notícias relacionadas