menu

Geral

29/06/2015


Dilma: “Precisamos reduzir riscos para negócios no Brasil”

A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta segunda-feira 29, em Nova York, um ambiente de negócios mais amigável na economia da América Latina para que o Brasil receba os investimentos necessários para a retomada do crescimento.

"Precisamos reduzir riscos de fazer negócios no Brasil", declarou, em entrevista ao The Wall Street Journal. Ela fez uma visita à redação do jornal, que pertence ao grupo News Corporation, do magnata da mídia Rupert Murdoch, com quem Dilma se reuniu mais cedo.

A presidente está nos Estados Unidos em uma visita de trabalho. Ontem, ela se reuniu com empresários brasileiros que investem no país. Hoje ela participou de reuniões com investidores do setor financeiro e com empresários do setor produtivo.

Ela recebe também nesta segunda-feira o ex-secretário de Estado americano Henry Kissinger e participa do encerramento do Encontro Empresarial sobre oportunidades de investimento em Infraestrutura no Brasil, que acontece neste momento.

No evento, que foi aberto pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o governo detalha a cerca de 250 investidores, brasileiros e americanos, as oportunidades de investimento no Brasil.

"Estamos em uma fase de transição e construção de uma nova etapa de crescimento do país", destacou Barbosa. "O investimento no Brasil é facilitado porque temos operadores muito capacitados", discursou o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, durante apresentação do PIL (Plano de Investimentos em Infraestrutura Logística).

À noite, Dilma irá a um jantar em sua homenagem oferecido na Casa Branca, em Washington, com o presidente Barack Obama. Amanhã, os dois presidentes terão reunião de trabalho.

Brasil 247

Notícias relacionadas