menu

Brasil

21/12/2014


Dilma vai manter José Eduardo Cardozo e chefe da PF no cargo

Em meio à troca da maioria dos 39 ministros no segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff decidiu manter no posto o titular da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello. O motivo tem a ver com a maior investigação contra a corrupção dos últimos tempos no Brasil, a Operação Lava Jato. A interpretação é que não se deve mexer no comando de uma área tão estratégia para a ação neste momento.

Outra avaliação é de que o Planalto, caso troque os nomes do comando, esteja tentando interferir na investigação, discurso que o governo sempre fez de forma oposta, ressaltando que sempre apoiou o desmantelamento da organização criminosa que agia na Petrobras.

Cardozo também tem atuado como bom defensor do governo no que diz respeito a denúncias, por exemplo, de que dinheiro proveniente do esquema teria sido injetado na campanha da presidente Dilma Rousseff.

Notícias relacionadas