menu

Brasil

06/02/2014


Diminuem casos de meningite na Bahia

BAHIA

Houve redução nos casos de meningite no estado, nos últimos dois anos, principalmente a do tipo bacteriana, dentre esta a meningocócica C, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).
Em 20012 foram 1.481 casos de todos os tipos da doença, com 96 mortes. Já em 2013, foram 879 casos com 76 mortes. Neste ano, até o dia 8 de janeiro foram verificados dois casos na cidade Nova Soure e Pojuca, nenhum em Salvador.
A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações da Sesab, Fátima Guirra afirmou que no caso da meningocócica C foram 131 casos, em 2012, com 33 mortes e 93 em 2013, com 25 mortes.
Ela atribui a redução do número de pessoas com a doença, a vários fatores: “A introdução da vacina conjugada com estratégias, diagnóstico oportuno com intervenções precisas e também medidas oportunas de vigilância porque os sintomas confundem com outras doenças.”, explicou.
As vacinas estão nos postos de atendimento disponíveis gratuitamente para menores de dois anos. No entanto ela reclama que 3 a 4% destas crianças não retornaram para a segunda dose. “Apelamos para que estas mães levem os filhos aos postos para a segunda dose”, alertou.
Em relação à sazonalidade da doença, a coordenadora disse que “mudou muito o panorama em relação ao comportamento desta doença e não está mais definida em época nenhuma”, destacou.

Mas Guirra faz um alerta: “A bactéria, em um ambiente fechado passa através da fala para outra pessoa. O indivíduo tem a bactéria e, mesmo sem sintomas, através da saliva e de espirros pode passar para outra pessoa”.
Em virtude disto, aconselha as pessoas a manterem uma higiene rigorosa com as mãos, ambientes devem ser arejados e iluminados. “As pessoas devem manter educação ao falar, espirrar sempre usando lenços de papel e lavar as mãos sempre”.

Notícias relacionadas