menu

Brasil

27/05/2014


Diretora do COL polemiza sobre Copa: ‘O que tinha para ser roubado já foi’

Brasil

Diretora executiva de Planejamento Estratégico e Suporte a Operações do COL (Comitê Organizador Local) da Copa-2014, Joana Havelange se envolveu em uma polêmica daquelas. Em seu Instagram, a neta de João Havelange e filha de Ricardo Teixeira compartilhou uma mensagem na qual diz que "o que tinha para ser roubado [com a Copa] já foi".

"Não apoio, não compartilho e não vestirei preto em dia nenhum de jogo do Mundial. Quero que a Copa aconteça da melhor forma. Não vou torcer contra, até porque o que tinha que ser gasto, roubado, já foi. Se fosse para protestar, que tivesse sido feito antes", diz trecho da mensagem.


"Eu quero mais é que quem chegue de fora, veja um Brasil que sabe receber, que sabe ser gentil. Quero que quem chegue, queira voltar. Quero ver um Brasil lindo. Meu protesto contra a Copa será nas eleições. Outra coisa, destruir o que temos hoje, não mudará o que será feito amanhã", completa a postagem.
Vale ressaltar que o texto não é de autoria de Joana, mas sim um viral que se espalhou pela internet e pelas redes sociais, como Facebook e o próprio Instagram. A mensagem também foi compartilhada por outros famosos, como Carol Portaluppi, filha do técnico Renato Gaúcho.

Notícias relacionadas