menu

Alagoas

05/02/2016


Doação de campanha leva Renan Calheiros para o “olho” da Lava Jato

O senador Renan Calheiros está sendo investigado, assim como seu colega do PMDB, Romero Jucá, por ter solicitado ao dono da UTC, Ricardo Pessoa, 1 milhão e meio de reais. O dinheiro, segundo a Folha de São Paulo divulgou, seria para financiar a campanha política do seu filho, Renan, ao governo de Alagoas. As doações foram repassadas aos diretórios do PMDB.

o senador, de acordo com matéria divulgada na Folha, teria pedido verba a Ricardo Pessoa em razão da contratação do consórcio para execução da obra da usina nuclear de Angra 3. O senador Renan nega veementemente as denúncias.

Segundo o delator, pela contratação, a empreiteira deveria pagar 30 milhões de reais ao PMDB. Do total, 3 milhões foram divididos entre o senadores Romero Jucá e Renan Calheiros para financiar as campanhas dos filhos dos dois senadores.

De acordo com a Polícia Federal as informações de Ricardo Pessoa ´´podem consubstanciar os delitos de corrupção passiva e lavagem de dinheiro´´.

Blog do Mousinho

Alagoas 24 Horas

Notícias relacionadas