menu

Paraíba

24/10/2017


Docas-PB se reúne com Petrobras para planejar operação ship to ship

A diretora presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, se reuniu nesta terça-feira (24) com representantes da Petrobras para acertar detalhes da operação piloto ship to ship, que vai impulsionar a movimentação de derivados de petróleo no Porto de Cabedelo. Na ocasião, foi discutida a possibilidade da operação ocorrer já no mês de dezembro.

Gilmara destacou o trabalho executado pela equipe da Docas-PB para viabilizar a operação e disse que todos os detalhes estão sendo discutidos para garantir a segurança e o sucesso do projeto. “O nosso esforço tem o objetivo de cada vez mais aumentar a movimentação do porto e com o ship to ship vamos conseguir potencializar a movimentação de combustíveis”, disse.

A reunião contou com a presença de Geraldo José Ferreira, gerente de Implantação de Novas Operações da Petrobras. Ele destacou que a operação teste é uma demonstração onde não haverá transferência de carga. Geraldo elogiou também o empenho que a Docas-PB empreende ao longo dos últimos meses para a realização deste procedimento e a licença definitiva para que o Porto de Cabedelo possa incluir a operação ship to ship na sua rotina.

Destacou também que o Porto de Cabedelo, com início dessa operação, será mais uma opção, fazendo com que mais empresas se interessem em trazer combustível para Paraíba por via aquaviária.

O que é – A operação ship to ship é a transferência de carga de petróleo e seus derivados entre embarcações sem a necessidade de desembarcar o produto em terra firme. Este tipo de operação existe há mais de 50 anos e vários portos no país já realizam.

Também participaram da reunião o assessor de Planejamento, Alessandro Marques; o diretor de Operações da Docas-PB, Lúcio Nunes; o supervisor de Segurança, Fernando Dornelas; e o chefe de Obras e Manutenção, Matheus Câmara; além de representantes da Transpetro.

WSCOM

Notícias relacionadas