menu

Pernambuco

20/04/2015


Dois anos depois, Cine São Luiz ainda espera novo projetor

Em reunião com a equipe da Secretaria de Cultura realizada na semana passada, o governador Paulo Câmara reafirmou o compromisso de modernizar os equipamentos de projeção do Cinema São Luiz. O novo projetor, com tecnologia digital, chegará a Pernambuco entre o fim de maio e o início de junho, mas só deve começar a funcionar nos meses seguintes.

O festival Cine PE, que começa na próxima semana (2 a 8 de maio), ocorrerá com um projetor digital trazido especialmente para o evento. Segundo Silvana Meirelles, secretária-executiva de Cultura, os novos equipamentos já estarão instalados no segundo semestre e poderão ser aproveitados em mostras como o Janela Internacional de Cinema do Recife, previsto para outubro.

Além de um novo equipamento, o São Luiz precisa de reparos no telhado e no sistema de refrigeração. "Uma empresa de engenharia começará os serviços esta semana", prevê Silvana. "No Cine PE, o ar condicionado funcionará normalmente", garante a secretária-executiva. Segundo ela, após o festival, será feita uma pequena obra na cabine de projeção para possibilitar a instalação do projetor digital definitivo.

"Todos nós estamos mobilizados para essa questão do São Luiz", assegurou Silvana. Ela ainda não sabe se o sistema de ar condicionado que será usado no Cine PE é definitivo ou provisório, mas diz que isso será avaliado. Em relação ao telhado, na situação atual, o cinema tem enfrentado problemas com goteiras quando chove, mas isso será corrigido antes do início de maio, quando ocorre o Cine PE.

Atualmente, o São Luiz funciona com um projetor antigo, que trabalha com filme em película de 35 milímetros, formato cada vez menos usado no circuito de exibição. Por causa disso, o cinema não pode exibir a maioria dos lançamentos disponíveis no mercado. Filmes pernambucanos, como A história da eternidade, não podem ser exibidos devido a essa limitação técnica.

Em agosto de 2011, o São Luiz foi comprado pelo governo do estado, que já o administrava desde 2009 (por meio de aluguel). Se não fosse essa operação, conduzida pelo então governador Eduardo Campos e pelo ex-secretário Tadeu Alencar, o cinema provavelmente já teria sido fechado. Em dezembro de 2014, o ex-governador João Lyra Neto assinou a liberação das verbas de R$ 1,2 milhão para a compra dos novos equipamentos.

O novo projetor terá tecnologia para exibir filmes em 4K, 3D e som 7.1. No ano passado, o Janela Internacional precisou reservar um terço de seu orçamento apenas para alugar o equipamento provisório utilizado durante o evento. No encerramento do festival, público e artistas fizeram um protesto em frente à tela para reivindicar a modernização do cinema. Abaixo-assinado e petição na internet também foram realizados.

O São Luiz foi fundado em 1958 e tombado como patrimônio histórico estadual em 2008.

Diario de Pernambuco

Notícias relacionadas