menu

Brasil

15/02/2016


Edinho Silva criticou delações sem prova na Lava Jato

Em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Moreno, exibida neste domingo no programa "Preto no branco", no Canal Brasil, o ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social, criticou a forma como vem sendo utilizados os depoimentos de delação da Lava Jato:

“Qual é a acusação feita contra mim? Um empresário disse em depoimento que foi pressionado por mim a fazer uma doação para a campanha de Dilma. Esse mesmo empresário, nesse mesmo depoimento, logo em seguida, disse que não se sentiu pressionado e que doaria da mesma forma. Penso que a delação premiada é um instrumento valioso e que ajuda muito o processo de apuração. O que não podemos permitir é que a delação premiada se torne um espaço de acusação sem prova”, afirmou ele, sobre o depoimento de Ricardo Pessoa, dono da UTC.

Tesoureiro na campanha de Dilma Rousseff em 2014, é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) desde o ano passado.

Agência Brasil

Notícias relacionadas