menu

Internacional

20/10/2019


Eleições na Bolívia: Começa a contagem dos votos e cresce expectativa por parciais

Disputa presidencial tem Evo Morales como favorito, com 40% das intenções de voto, seguido do ex-presidente Carlos Mesa

Daniel Giovanaz

Cerca de 7 milhões de bolivianos foram às urnas neste domingo (20) para eleger presidente, vice-presidente, deputados e senadores para o mandato de 2020-2025. As mesas de votação permaneceram abertas das 9h (horário de Brasília) até as 17h. Com as urnas fechadas, está em andamento a apuração dos votos – considerada um ato público – acompanhada de perto por cidadãos nos diversos locais de votação.

Esta matéria será atualizada ao longo do dia com informações sobre a votação e a apuração. Última atualização às 18h50.

A expectativa do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) é que os resultados parciais sejam divulgados a partir das 20h. A confirmação oficial tende a demorar mais do que a média dos processos eleitorais no Brasil porque a Bolívia não utiliza o sistema de urnas eletrônicas.

Durante o dia, votação ocorreu com normalidade nos nove departamentos bolivianos. Cerca de 95% das mesas não tiveram nenhuma ocorrência ou percalço técnico.

Notícias relacionadas