menu

Pernambuco

27/12/2018


Eleito deputado por PE, Túlio Gadêlha entra com duas ações no MPF contra Alexandre Frota por xenofobia

O deputado federal eleito Túlio Gadêlha (PDT) acionou o Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE) contra o também deputado federal eleito Alexandre Frota (PSL). Nas duas ações protocoladas nesta quinta-feira (27), Frota é acusado do crime de xenofobia.

Segundo as ações protocoladas, Alexandre Frota se manifestou “de modo negativo e discriminatório contra os cidadãos pernambucanos” em uma postagem publicada, na terça-feira (25), no perfil dele no Twitter.

Nessa rede social, o deputado paulista respondeu a um usuário que publicou a mensagem “também tem ator pornô que não paga a pensão do filho” com a frase “só podia ser de Pernambuco”.

Foram protocolados no MPF-PE um pedido de interpelação judicial, que visa chamar a pessoa acusada a prestar explicações em juízo, e uma representação solicitando a apuração do caso e proposição de ação penal contra Alexandre Frota.

No Instagram, Túlio Gadêlha, que é namorado da apresentadora Fátima Bernardes, publicou uma foto, nesta quinta (27), que mostra as duas ações protocoladas. Na postagem, ele afirma que Alexandre Frota “não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos”.

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial – pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota. Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos. #xenofobiaécrime #pernambucopresente #vaiterrespeitosim

Uma publicação compartilhada por Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) em


Por G1/RN

Notícias relacionadas