menu

Brasil

22/11/2013


Eleitores de Salvador serão chamados após eleições para o recadastramento

ELEIÇÕES 2014

Há quatro meses realizando recadastramento biométrico no interior do estado para as Eleições de 2014, que elegerá presidente da República, senadores e deputados, o Tribunal Regional Eleitoral já atendeu mais de 145 mil eleitores em 24 municípios divididos em 11 zonas eleitorais do interior do estado, de um total de 37 municípios de 15 zonas. Já Salvador e os demais municípios devem ter as datas para a realização do procedimento definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral depois das eleições de 2014.
De acordo com o TRE, do mês de julho até novembro o recadastramento atendeu 35,61% dos eleitores da Bahia. Houve municípios que iniciaram o recadastramento no final do mês de outubro e já somam 8.721 eleitores aptos para votar no próximo pleito como Senhor do Bonfim (sede da 45ª ZE), que atende a cidade de Andorinha; e Canavieiras (sede da 116ª ZE), que abrange também a cidade de Una.
O objetivo do recadastramento eleitoral biométrico, segundo o TRE, é para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Neste recadastramento, estão sendo coletadas a assinatura eletrônica do eleitor, sua foto (com medidas da face) e as suas impressões digitais. Daí o nome ‘biometria’ – porque agora são coletados e armazenados dados físicos do eleitor.
Desde 2009 a identificação biométrica teve início com os eleitores da 200ª Zona Eleitoral, sediada no município de Pojuca, e prossegue este ano de 2013 em mais 37 municípios de 15 Zonas Eleitorais, totalizando ao final cerca de 700 mil eleitores recadastrados biometricamente, o que corresponde a próximos 7% do eleitorado baiano.
O TRE informa que o procedimento é feito através de uma “revisão do eleitorado”, instrumento que torna obrigatório o comparecimento de todos os eleitores do município, momento em que ocorrerá uma revisão/atualização do seu cadastro, seja dos dados pessoais, do endereço etc. Por isso, é obrigatório levar ao Posto de Atendimento um documento oficial de identificação com foto e seu comprovante de residência atualizados. Quem não comparecer, terá o título cancelado.
O recadastramento é obrigatório para todos os eleitores, inclusive para aqueles que têm o voto facultado: os analfabetos, os eleitores entre 16 e 18 anos e os eleitores com mais de 70 anos que possuem título de eleitor. Estes também serão cancelados caso não compareçam ao posto de atendimento.
Durante os trabalhos, são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida sua assinatura e foto, além de ser emitido um novo título eleitoral (em regra o número da inscrição permanece o mesmo).
Na votação com procedimento de identificação biométrico, o eleitor passa a ter a identidade confirmada ao colocar sua digital no terminal da urna eletrônica, não sendo mais obrigatório assinar o Caderno de Votação.

TRE

Notícias relacionadas