menu

Brasil

28/07/2015


Em solenidade prestigiada, João Paulo toma posse na Sudene

Mais de 500 pessoas prestigiaram a posse de João Paulo Lima (PT) na Superintendência da Sudene, nesta terça-feira (28). O evento, que lotou o Auditório Panorâmico do 13 andar da autarquia, contou com a presença do Ministro da Integração, Gilberto Occhi (PP), dos governadores de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) e do Ceará, Camilo Santana (PT). Também prestigiaram a posse os vices governadores da Bahia, João Leão (PP), e do Piauí, Margarete Coelho (PP).

Em seu discurso, João Paulo destacou a importância que a Sudene, criada por Celso Furtado, teve para a Região, através da sua capacidade de planejamento e articulação política. Disse ainda que a extinção da autarquia fez parte de uma estratégia desintegradora e que o País voltou a trilhar o desenvolvimento regional com integração nacional, inclusão social e gestão popular democrática nos Governos Lula e Dilma, quando a “questão regional” foi colocada no centro da estratégia, inclusive com a criação da atual Sudene.
“A retomada do crescimento do Brasil, na última década, beneficiou, em maior escala, as regiões mais pobres, diminuindo, na mesma proporção, as desigualdades regionais e sociais. Entre 2003 e 2011, o PIB brasileiro aumentou 41% em termos reais, enquanto o Nordeste 46%, acima da média do País, ampliando seu peso na geração da renda nacional”, enfatizou.

João Paulo afirmou que assume a Sudene com a missão de fortalecer e ampliar a articulação política, tratando dos grandes desafios do Nordeste, das prioridades e dos aspectos técnicos, com uma gestão focada na educação; qualificação; ciência e tecnologia; desenvolvimento produtivo e sustentabilidade, os quais ele denominou de eixos balizadores da Política Nacional de Desenvolvimento Regional. Para o superintendente da Autarquia, “pensar a Sudene é também assumir o compromisso com a valorização do planejamento, com forte alicerce da sociedade e uma visão múltipla, integrada e sustentável de desenvolvimento. Será a partir dessa diretriz que vamos criar o Plano de Desenvolvimento Regional”.

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que teve sua gestão bastante elogiada pelos políticos presentes, defendeu a retomada das reuniões do Conselho Deliberativo da Sudene, a criação de uma nova política para o semiárido e a definição de prioridades para a utilização dos recursos do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) e do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

João Paulo e o fortalecimento da Sudene

            As lideranças políticas que prestigiaram a posse de João Paulo ressaltaram a capacidade do novo superintendente para fortalecer a autarquia. O líder do Governo na Câmara, José Guimarães, enfatizou que a Sudene tem um papel central na política de desenvolvimento regional e que Dilma escolheu muito bem o dirigente máximo da instituição. O deputado federal Sílvio Costa (PCR) disse que “hoje a Sudene adquire mais cheiro de povo. Mais cheiro de gente”. Convergindo com esse pensamento, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) afirmou que Dilma “escolheu um homem com a alma do nordestino”.

 A vice-governadora do Piauí, Margareth Coelho (PP), ressaltou a importância da Sudene para a economia do Nordeste, enquanto João Leão (PP), vice-governador da Bahia, defendeu a união da Bancada do Nordeste para ampliar o orçamento da Superintendência e o crescimento que vem ocorrendo na economia regional. O fortalecimento da Sudene foi uma bandeira levantada também pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT-CE). Na opinião do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), é necessário ampliar a participação do Nordeste no Produto Interno Bruto, que atualmente gira em torno de 13%, enquanto a população da Região representa 28% da Nacional, “uma conta que não fecha”, enfatizou. Para Coutinho, a Sudene precisa ser reforçada e coordenar, em médio e longo prazos, uma Política de Desenvolvimento Regional. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) falou sobre a necessidade de aproximar a Sudene do Fórum dos Governadores do Nordeste, como forma de pensar o futuro da Região.

Ao final, o novo superintendente fez uma homenagem aos servidores mais antigos em atividade da autarquia, o responsável pelo Almoxarifado, Laerson Serverino, que possui 24 anos de casa. E a auxiliar, Maria do Carmo Dionísio, com 39 anos dedicados à Sudene.

Presenças – Além das autoridades citadas acima, prestigiaram a solenidade de posse a senadora pelo Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), de deputados federais como Silvio Costa (PCR) José Guimaraes (PT), Luciana Santos (PCdoB), entre outros. Os prefeitos do Recife, Geraldo Júlio (PSB), de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB) e o vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira (PCdoB), também marcaram presença, assim como o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa (PDT), deputados estaduais, como a presidente do PT de Pernambuco, Teresa Leitão, vereadores, empresários, superintendentes e presidentes de órgãos públicos ferais e lideranças políticas e comunitárias.

Assessoria

Notícias relacionadas