menu

Alagoas

27/12/2016


Em visita de Temer, Estado garante R$ 60 milhões para construção de cisternas

O maior investimento integrado de combate à seca foi assegurado, nesta terça-feira (27), em visita presidencial à Alagoas. O presidente Michel Temer e o governador Renan Filho assinaram convênio que direciona R$ 60 milhões para construção de cisternas no Semiárido alagoano.

O recurso garante a instalação de 500 cisternas nas escolas do Agreste e Sertão. Outras 2.670 cisternas de primeira água também fazem parte do convênio.

“Duas vertentes ajudam a conviver com a seca. As obras estruturantes e as ações emergenciais. Só o nordestino sabe o valor de se ter uma cisterna. A seca é dura e diversas capitais nordestinas correm o risco de ficar sem água”, enfatizou Renan Filho, em discurso.

O governador elogiou a postura do presidente Michel Temer em agraciar Alagoas com dois ministros tão operacionais como Marx Beltrão, do Turismo, e Maurício Quintella, dos Transportes.

Renan Filho ressaltou ainda a postura do Governo Federal em dividir os valores das multas de repatriação de impostos que contemplou Estados e municípios.

Sobre a construção das cisternas, a União garante segurança hídrica para Alagoas. O Estado ficou com pouco mais de R$ 60 milhões. É o maior investimento liberado em um ano para combater os efeitos da seca. Ao todo são mais de R$ 700 milhões destinados à construção de cisternas no Brasil inteiro. 

Notícias relacionadas