menu

Bahia

01/02/2017


Empresas de ônibus pagarão multa de R$ 648 mil por paralisação em Salvador

As empresas de ônibus atingidas pela paralisação dos rodoviários que aconteceu no início da manhã desta quarta-feira, 1º, foram autuadas e pagarão multa de R$ 648 mil. As informações foram confirmadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) ao Portal A TARDE.

De acordo com a Semob, as empresas OT Trans, Plataforma e Salvador Norte pagarão o valor de R$ 720 por cada ônibus que ficou sem rodar durante a paralisação parcial, que aconteceu entre 4h e 8h. Foram 900 veículos que ficaram sem sair das garagens.

A paralisação foi encerrada e os coletivos voltaram a circular pouco antes das 8h, mas a população foi pega de surpresa pela falta de transporte nas ruas.

Sindicato dos rodoviários

A paralisação dos rodoviários teve como objetivo pressionar os empresários. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, o patronato está descumprindo o acordo coletivo em questões como demissão, pagamento de FGTS e punições nas garagens, escalas de trabalho e hora extra.

Além disso, os trabalhadores cobram uma definição sobre o pagamento da bonificação de Carnaval. "Estão postergando a discussão. O Carnaval está batendo na porta e a categoria está impaciente querendo saber o valor da bonificação", explica Daniel Mota, diretor do sindicato.

Nesta quarta, representantes dos rodoviários e do sindicato patronal (Steps) irão se reunir para discutir a demanda da categoria. Só após esta reunião é que o Steps irá se pronunciar sobre o caso.

A Tarde

Notícias relacionadas