menu

Brasil

04/02/2014


Empréstimos do BNDES crescem 22% em 2013 e atingem R$ 190,4 bilhões

Economia

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta terça-feira (4) que fechou 2013 com R$ 190,4 bilhões em desembolsos — uma alta de 22% na comparação com 2012. Segundo o banco de fomento, a indústria respondeu por 30% do total liberado (R$ 58 bilhões) e a infraestrutura por 33% (R$ 62,2 bilhões).

Os resultados representaram aumentos de 22% e 18%, respectivamente, nos desembolsos desses setores na comparação com o ano anterior.

A maior expansão ocorreu no setor agropecuário (alta de 64%), com total de R$ 18,6 bilhões. Já ao setor de comércio e serviços, o BNDES liberou R$ 51,5 bilhões, com incremento de 17%.

Para as micro, pequenas e médias empresas, houve expansão de 27% nos desembolsos. Os empréstimos para essa companhias totalizaram R$ 63,5 bilhões, equivalente a 33% das liberações totais realizadas pela instituição no ano passado.

No entanto, as aprovações de empréstimos em 2013 caíram 8%, para R$ 239,6 bilhões. No mesmo sentido, as consultas e os enquadramentos no ano passado tiveram queda de 11% e de 7%, respectivamente.

Notícias relacionadas