menu

Nordeste

16/10/2019


Engenheiro avalia possível causa de queda de prédio no Ceará

O engenheiro civil Rylsen Leite analisou nesta quarta-feira (16), para o Portal WSCOM / Revista NORDESTE, a tragédia no Edifício Andrea, que caiu ontem em Fortaleza, no Ceará. Estima-se que havia 18 pessoas no local no momento do desabamento.

O profissional afirmou à reportagem que ainda não se pode cravar a causa da tragédia, que matou duas pessoas até o momento, mas que pelas imagens divulgadas já é possível avaliar que possivelmente houve falta de manutenção no empreendimento.

“Nesses casos é importante esperamos o resultado da perícia para avaliar com certeza a causa, mas o que posso dizer é que por ser um prédio aparentemente muito antigo, poderia estar passando por falta de manutenção”, disse.

Foi confirmado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará  uma Anotação de Responsabilidade Técnica informando que uma reforma estaria em curso no Edifício. Rylsen informou que nesses casos, há sinais que podem ser vistos por moradores.

“Um prédio não cai de uma hora para outra, existem os estágios que temos na engenharia que são as  rachaduras, trincas ou fissuras”, disse o profissional ao avaliar que, provavelmente, o edifício dava sinais de seus problemas antes de cair.

Rylsen Leite também comentou sobre a importância de acompanhamento em obras de um profissional de engenharia. Ele revelou que em João Pessoa há obras que estão sendo recuperadas por problemas estruturais e que a intervenção em seu devido tempo pode evitar tragédias como a ocorrida no estado vizinho.

Portal WSCOM / Revista NORDESTE

Notícias relacionadas