menu

Brasil

06/07/2015


Escalada fascista agora constrange Levy; Assista “ataque” em restaurante

Foi a vez de o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ser constrangido pela escalada fascista no Brasil.

Em um restaurante, ele foi surpreendido por um cliente que foi até sua mesa e proferiu, em voz alta, ataques ao PT: “tem um cara neste restaurante que pode salvar o PT. Só tem corrupto naquele lugar. Pelo menos tem o Levy que pode salvar a gente, porque o resto, é só bandido”. Em seguida, o homem deu parabéns ao ministro.

Alvo constante de atos fascistas, o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega pediu neste domingo não à intolerância: "O Brasil parece caminhar em terreno perigoso. Há algo diferente no ar. Algo que ameaça essa pluralidade. Trata-se do fantasma do autoritarismo, raiz de golpes, que, infelizmente, se manifesta de forma corriqueira, sempre pronto a agir no dia a dia das pessoas".

Na mais recente agressão, Mantega foi xingado num restaurante em São Paulo por dois casais. Antes, havia sido ofendido no Hospital Israelita Albert Einstein. O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, também já passaram por constrangimentos em público na capital paulista. 

 

Notícias relacionadas